AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS PARTICIPANTES DAS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO DE 2013 NAS MÍDIAS DIGITAIS

  • Lucas Sant’Ana Nunes Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

Resumo

O presente estudo tem como objetivo realizar uma análise sobre as representações sociais dos participantes nas manifestações e movimentos sociais que ocorreram em diversas cidades brasileiras em junho de 2013. Utilizando o conceito de representação social de Moscovici, pretende-se descortinar como os participantes de tais movimentos foram representados nas mídias digitais, realizando uma análise de conteúdo a partir de um portal de notícias de grande circulação na Internet, a Folha de São Paulo, além de analisar os comentários dos internautas sobre as notícias logo após a narração jornalística dos fatos. A partir desta análise pretende-se verificar quais construções simbólicas estão inseridas neste contexto, identificando como se operam os processos de produção de sentido, bem como analisar como o imaginário social é influenciado por tais concepções. O debate se torna relevante e atual pois as mídias digitais se configuram como meios de comunicação pelos quais as formas simbólicas e representações sociais são apresentadas à sociedade e aos indivíduos que a compõem, fornecendo os quadros de referência para que baseiem suas próprias vidas, comportamentos e opiniões.

Publicado
Jan 14, 2017
##submission.howToCite##
NUNES, Lucas Sant’Ana. AS REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DOS PARTICIPANTES DAS MANIFESTAÇÕES DE JUNHO DE 2013 NAS MÍDIAS DIGITAIS. Entropia, [S.l.], v. 1, n. 01, p. 9/21, jan. 2017. ISSN 2526-2793. Disponível em: <http://entropia.slg.br/index.php/entropia/article/view/28>. Acesso em: 20 set. 2017.