Num ano marcado pela pandemia do COVID-19, paralisando o cotidiano das pessoas, provocando sofrimento, perdas e uma percepção da fragilidade humana, onde no Brasil fomos vítimas de um governo negacionista e anticiência que tudo fez e foi vitorioso em sua estratégia de necropolítica, com o país se tornando o segundo em casos da doença e no número de mortes em todo o mundo, mantivemos a certeza que diante das trevas do irracionalismo, pesquisar, produzir e publicar se tornam uma tarefa para lutar contra o obscurantismo.

A tarefa foi concretizada. Mais uma edição da Entropia está sendo publicada. Com abordagens múltiplas de pesquisadores oriundos de todos os centros de pesquisa do Brasil e do continente americano.

Publicado: 2020-10-01

Entrevista